Sindiodonto pede comprovação da qualidade de máscaras N95/PFF2

O Sindicato dos Odontologistas do Estado do Ceará (Sindiodonto) irá acionar o Ministério Público do Trabalho como forma de assegurar a comprovação da eficácia das máscaras N95/PFF2, disponibilizadas aos trabalhadores de serviços essenciais, desde o dia 24 de janeiro, conforme decreto do governador Camilo Santana.

O Sindiodonto também recomenda para a categoria dos cirurgiões-dentistas que não atenda a população sem a utilização de EPIS devidamente autorizados e regulamentados pela autoridade sanitária nacional, mediante apresentação de laudos técnicos científicos válidos, como forma de resguardar a própria saúde.

Cirurgiões-dentistas se dizem preocupados pelo acondicionamento, distribuição, periodicidade de substituição e falta de garantia da capacidade da máscara em filtrar 95% das partículas aéreas.

De acordo ainda com o decreto, além dos profissionais de saúde, a máscara N95/PFF2 ou similar também passou a ser obrigatória para funcionários que lidam com o público em estabelecimentos como farmácias, supermercados e escolas.

fonte: O povo on-line/Blog do Eliomar

About the Author:Jeferson

Leave a Comment

WhatsApp FALE CONOSCO!