Dentistas da PMF trabalham em locais insalubres

O Sindicato dos Odontologistas do Estado do Ceará deu continuidade às visitas aos consultórios odontológicos instalados nas Unidades de Atenção Primária à Saúde de Fortaleza. O trabalho de vistoria, que ainda não foi finalizado, constatou diversas irregularidades na infraestrutura, deterioração em cadeiras odontológicas, armários enferrujados e falta de Equipamento de Proteção Individual (EPI) adequados em algumas unidades.
Os coordenadores sindicais destacaram a gravidade de unidades de saúde bastante insalubres como no posto Dr. Jurandir Picanço, no bairro Granja Portugal e Viviane Benevides, na Vila Manuel Sátiro. Os representantes detectaram paredes infiltradas, baldes para contenção da água da chuva, marca na parede do nível que a água atinge em dias chuvosos e consultórios afetados pelo umidade e mofo.
A falta de circulação de ar na sala de espera dos pacientes da Unidade Dr. Jurandir Picanço é outro agravante, levando-se em consideração o momento pandêmico e as regras da Organização Mundial da Saúde (OMS).
A entidade sindical ressalta que as visitas visam averiguar como está ocorrendo o atendimento de urgência e emergência da população, assim como as condições de trabalho dos dentistas , já que se espera que, após a baixa dos índices epidemiológicos, ocorra o retorno dos atendimentos odontológicos eletivos em um cenário de segurança sanitária não apenas para os profissionais, mas também para toda a população.
Também é válido destacar que, em virtude de as unidades de saúde visitadas serem geridas pelas organizações sociais SPDM e Cisne, as quais contratam cirurgiões-dentistas celetistas, o coordenadores sindicais apresentaram a Convenção Coletiva de Trabalho atualizada aos profissionais, a fim de conscientizá-los dos seus direitos previstos, dentre eles o piso salarial da categoria negociado com o sindicato patronal, SINDESSEC(Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado do Ceará).
Por fim, o Sindiodonto informa que irá produzir um dossiê e formalizar denúncia junto à Prefeitura Municipal de Fortaleza e ao Ministério Público para que todas as medidas necessárias sejam tomadas para resolução deste grave problema.

About the Author:Jeferson

Leave a Comment

WhatsApp FALE CONOSCO!